8 mitos sobre viajar sozinha que foram desmascarados

O que fazer no Rio de Janeiro

Eu tinha muitos equívocos sobre viajar sozinha antes de ir para o exterior. Eu pensava que seria perigoso, solitário, muito trabalhoso, que ia fazer as pessoas pensarem que eu não tinha amigos. Além disso, eu sempre pensei que estar sozinha, como mulher, me faria um alvo para coisas terríveis (obrigada, mídia!). Além disso, quem quer ver todos esses lugares incríveis completamente sozinha? Não era uma opção, pelo menos no começo.

Então eu percebi que ninguém tinha tempo para ir comigo. Meus amigos e amigas estavam trabalhando em suas carreiras, enquanto eu precisava de uma pausa. Não podia esperar. Eu só tinha que ir, ou então eu nunca iria.

Então eu fui sozinha e descobri que todos os meus pressupostos sobre viajar sozinha estavam muito errados. Eu não estava sozinha, eu não fui sequestrada e em muitos momentos, era realmente muito melhor viajar sozinha. A liberdade que me proporcionou, a forma como a minha confiança aumentou e todos os novos amigos que fiz, foram grandes benefícios que não teria acontecido, se eu fosse em um grupo de amigos.

Assim, para todos os que pensam que a viagem solo é solitária, perigosa ou chata, fiz esse artigo sobre os mitos comuns de uma viagem sozinha – para mostrar que estão errados – e para te ajudar a superar os seus medos e dar a coragem que você precisa para ir atrás dos seus sonhos.

Mito #1: viajar sozinha significa estar solitária

O que fazer no Rio de Janeiro

Morro Dois Irmãos

A coisa mais assustadora sobre viajar sozinha é o pensamento que você estará sozinha as suas férias inteiras, certo? Quem quer viajar para o outro lado do mundo só para estar sozinha, enquanto olha para o majestoso amanhecer vermelho sobre Angkor Wat?

Eu estava realmente preocupada com isso antes de começar a viajar sozinha. Felizmente, depois eu descobri que eu fiz mais amigos em uma semana na estrada do que eu tinha em um ano inteiro em casa.

A melhor coisa sobre viajar sozinha é que você não é a única a fazer isso. Mais e mais mulheres estão considerando o conceito de viajar sozinhas, e eu não podia acreditar em quantas outras viajantes sozinhas estavam na estrada comigo! E como as outras pessoas estão no mesmo barco que o seu, elas tendem a ser mais extrovertidas e amigáveis. É incrível como ficar em um hostel em quarto compartilhado, você jamais estará sozinha. Fiz isso na Bolívia e nunca me senti sozinha durante os meus dias por lá.

Mito #2: Viajar sozinha é apenas para pessoas solteiras

o que fazer em bali na indonesia

Tanah Lot Temple

Antes de eu começar a viajar e conhecer pessoas de todos os tipos, histórias e origens, eu achava que se você estivesse viajando sozinha, era porque você não tinha outra pessoa que fosse importante para você. Pessoas que tinham compromissos, como uma família ou parceiro, não viajavam desacompanhadas. Ou isso deveria significar que há algum problema no relacionamento ou que eles estão escapando de seus compromissos, certo?

Errado. Eu aprendi que muitas pessoas que estão em relacionamentos viajam sozinhas e por todos os tipos de razões.

  • Quer viajar para o exterior e não sabe nada de inglês? Ensino alguns truques e dicas no meu e-book gratuito de inglês para viagens e mostro como viajar para o exterior sem falar inglês. Clique aqui para baixar.

Pode ser porque eles tenham interesses diferentes, o que muitos especialistas dizem que é totalmente saudável. Talvez seu parceiro não possa ficar tanto tempo longe do trabalho, ou talvez ambos tomaram a decisão de fazer uma aventura sozinhos, ou talvez seja apenas por uma parte da viagem, e vão se encontrar no caminho para continuar a viagem juntos.

Muitos viajantes solo são solteiros, mas há muitos que estão em relacionamentos também. Só porque você não é solteira, não significa que você não possa ter uma viagem incrível por si mesma.

Mito #3: Você deve ser extraordinariamente corajosa para viajar sozinha

O que fazer na Bolívia (do céu ao inferno em 8 dias - relato de viagem)

Deathroad – Estrada da Morte

Muitos dos meus amigos achavam que eu era super corajosa e independente porque eu estava indo viajar sozinha. Mas a verdade é que eu estava muito assustada e sobrecarregada com a idéia de viajar sozinha, até que eu finalmente entrei no avião e fui. Temer o que você não conhece é do ser humano. Está na nossa natureza.

Apesar de estar apavorada, eu fui mesmo assim. Mais tarde eu ri de como eu estava assustada, depois que eu percebi que se locomover, conhecer novas pessoas, e encontrar comida era muito mais fácil do que eu jamais imaginara.

Você não precisa ter certeza de tudo e ser incrivelmente corajosa para ir viajar sozinha. Essas coisas podem ser um benefício agradável de viajar solo, mas elas não são pré-requisitos. A parte mais difícil é entrar no avião. Depois disso, é surpreendentemente fácil de contornar barreiras linguísticas, descobrir horários e ter uma aventura. Tem medo de não falar inglês?  Caso não tenha lido o artigo, sugiro que leia: Como viajar para o exterior sem falar inglês. Existem aplicativos de tradução e o Google Maps salva vidas. Acredite os celulares e a conectividade tornaram a viagem muito mais fácil do que costumava ser.

Mito #4: Você não pode ser introvertida

Cataratas do Iguaçu – Lado Brasileiro ou Lado Argentino? - Blog o que fazer

Cataratas del Iguazú

Eu costumava olhar para a TV em bares e usar meus fones de ouvido em locais públicos para que eu não tivesse que falar com ninguém. Eu costumava me sentir paralisada em um ambiente com alguém com personalidade forte. Basicamente, eu era meio estranha.

Mas um benefício incrível de viajar sozinha é que me fez super extrovertida. Mesmo se você tiver problemas para iniciar uma conversa, em uma sala comum de albergue, as chances são realmente boas que, eventualmente, alguém vai chegar a você e te puxar para uma conversa. Lembro que na Bolívia um rapaz chegou e perguntou da onde eu era e depois de conversar por um tempo, nós nos tornamos amigos e passamos boa parte da viagem fazendo os passeios juntos.

Você também vai descobrir, depois de algumas vezes tentando se aproximar de novas pessoas – que mesmo você estando nervosa no início – elas serão muito mais abertas do que você temia, e será uma surpresa ótima. É tão fácil iniciar uma conversa simplesmente perguntando a alguém de onde elas são ou de onde elas vieram. Eu sei parece clichê, mas funciona, e antes que você perceba, você terá algo para falar.

É fácil ser confiante em torno de viajantes – eles são pessoas realmente amigáveis!

Mito #5: É perigoso viajar sozinho, especialmente como uma mulher

Sleep Aboard Maya Bay

Sleep Aboard Maya Bay

Você viu o filme, Busca Implacável, certo? Aquele em que a filha de Liam Neeson é sequestrada na Europa e ele quebra a cara de meio mundo e a resgata? Ou o que acontece em A Viagem, onde Claire Danes é jogada na prisão tailandesa quando um cara bonitão coloca drogas nela? Esta é a nossa imagem de meninas viajando pelo mundo (obrigada, Hollywood!). Eu estou supondo que, dadas histórias dramáticas como estas, o maior argumento contra viagens solo que você pode estar ouvindo de seus amigos e familiares é que é perigoso.

Está gostando desse artigo? 

Então curta a nossa página abaixo para ficar atualizado com mais dicas de viagem!  
 

Primeiro de tudo, nenhuma das protagonistas desses filmes realmente estavam viajando sozinhas. Talvez se tivessem, teriam parado e ouvido a voz da razão e teriam evitado problemas.

Permanecer segura na estrada é sobre confiar sua intuição, comportar-se no exterior como você faria em casa. Você ficaria super bêbada sozinha em um bar na sua cidade? Você andaria sozinha à noite? Fale com os locais no seu hostel sobre o que você deve prestar atenção na rua, e pratique o senso comum. O que manteve você viva em casa, mantém você viva na estrada também.

Todos os dias, milhões de mulheres viajam sozinhas pelo mundo. É seguro e tranquilo, e você não vai acabar em uma vala!

Mito #6: Você vai constantemente obter atenção indesejada

Viajar sozinha: Porque se jogar desacompanhada nesse mundão? - Blog o que fazer

Salar de Uyuni

Isso aconteceu da janela de um carro quando eu estava andando para casa da escola aos 14 anos, aconteceu quando eu estava descendo de um avião no Rio, e isso acontece quando eu ando pelas ruas da minha cidade. Às vezes, o namorado está apenas a poucos passos de distância – não importa. Cantadas acontecem no exterior e em casa. Elas são irritantes, sim, mas não deixe que elas acabem com a viagem sozinha incrível que você merece.

A melhor maneira de lidar com esse tipo de atenção é certificar-se de que você entende os requisitos de cultura nos países que você visita e se vestir de acordo. Algumas mulheres sugerem usar uma aliança de casamento, mas eu acho que ser confiante, olhar as pessoas nos olhos, e sendo respeitosamente direta são boas maneiras de mostrar que você não está para brincadeiras.

Apesar de que por você simplesmente ser uma mulher, você ouvirá cantadas e terá avanços indesejados em algumas partes do mundo, em muitos casos, no entanto, é exatamente o oposto, e eu sou tratada com respeito e bondade, especialmente porque eu sou uma mulher viajando por conta própria.

Mito #7: É muito mais trabalhoso porque você tem que fazer tudo sozinha

Hong Island e Railey Beach - Ao Nang

Pakbia Island

Se você viaja sozinha, estará tomando todas as decisões.

Este é também o maior benefício de viajar solo. Isso significa que você não tem que planejar com antecedência se você não quiser, se preocupar se a outra pessoa está se divertindo ou não, ou estressar em ter que fazer tudo para duas ou mais pessoas. Muitas vezes há apenas lugar para um em uma moto, no carro, ou em um jantar em uma família local, e você será capaz de tomar decisões em fração de segundos, sem pedir a ninguém primeiro.

Descobri que o benefício da liberdade completa enquanto viajava sozinha, superava o trabalho extra que eu tinha que fazer. Eu também achei fácil apenas pedir a um amigo que restaurante ou atividade que eles gostaram mais, ou a pessoa que trabalha no balcão de albergue. Não é tão difícil. (Além disso, planejar tudo para várias pessoas e mantê-las felizes é muito trabalhoso também.)

Mito #8: Viajar sozinha é uma decisão enorme, que muda a vida

o que fazer em Bali na Indonesia

Monkey Forest

Muitas pessoas vendem tudo o que têm e saem para o outro lado do mundo com um bilhete só de ida, mas isso não significa que todo mundo que viaja sozinha o fez.

Pode ser apenas uma viagem de fim de semana sozinha para outra cidade, um passeio de duas semanas em um lugar quente e tropical que você nunca foi, ou um mochilão na Europa nas férias da faculdade. Isso não precisa ser uma grande coisa, e você poderia voltar para a sua vida como você a deixou, com algumas aventuras novas e um pouco mais confiança.

Ao contrário do que todos (incluindo eu) pensavam, viajar sozinha não era perigoso, chato ou solitário. Na verdade, foi uma das atividades mais sociais que eu já fiz.

Acabei descobrindo que, em vez de viajar sozinha ser uma desvantagem, na verdade foi realmente vantajoso para eu sentir de verdade o que era liberdade. Isso me aproximou mais dos moradores e eu tive experiências únicas, porque eu podia dizer sim para tudo e isso é algo que apenas viajantes solos podem dizer. É um grande benefício ser capaz de ir onde você quer e quando quiser, sem ter que dar satisfações a qualquer outra pessoa. Deve ter uma razão para viajar solo ser cada dia mais comum, certo?

Se viajar é sobre os benefícios, o tempo gasto em uma nova realidade, aquela escapada da sua vida cotidiana normal, então, a viagem sozinha é como uma injeção de esteroides nesses benefícios. Experimente, e você também vai acabar descobrindo que seus pensamentos sobre isso estão todos errados.

Pronta para viajar sozinha? Gostou do artigo? Deixe um comentário se tem mais algum mito para acrescentar ou se tem qualquer dúvida sobre o assunto.

Mais fotos das minhas aventuras viajando sozinha no instagram:

  • O melhor da vida  a sensao de paz ehellip
  • Isso  o que acontece quando somos mordidos por umhellip
  • Pegue a esperana e viva na sua luz  hellip
  • O Cape Agulhas  o extremo sul do continente africanohellip
  • A voc encontra uma praia deserta e vai logo bancarhellip
  • Que venha com cabelo solto sorriso fcil despreocupado  hellip
  • Agradecer sempre        hellip
  • A natureza em si  uma prece Basta enxergar escutarhellip

***

Importante: Pensando em viajar? Não esqueça do Seguro Viagem!

Seguro viagem geral 728x90

12 Comentários

  1. Luiza Kalb

    Gostaria de acompanhar seu blog.

    • Já se cadastrou na Comunidade Viajante Luiza? Assim vai receber um e-mail sempre que tiver novidade por aqui 🙂

  2. BHW

    Helpful info. Lucky me I discovered your website by accident, and I am shocked why this coincidence
    didn’t took place earlier! I bookmarked it.

  3. Pingback: 8 mitos sobre viajar sozinha que foram desmascarados | Gostaria De Ir

  4. Paula

    Esse é um post que eu realmente precisava ler hoje.
    Soube do seu blog com o post que vi ontem da viagem para a Tailândia (incrível, por sinal, e as dicas estão anotas pq pretendo ir ano que vem na mesma época que foi, obrigada!), então hoje vim dar uma olhada nos outros conteúdos.
    Estou com viagem marcada no mês que vem pra Recife. Eu e meu namorado compramos juntos, mas talvez ele não possa ir por questões de trabalho.
    Além de estar triste pela ausência dele, também estava com muito medo dessa primeira experiência de viajar só… Mas seu post ajudou muito! Se eu realmente for sozinha, vou aproveitar cada segundo e não deixar isso me abalar.
    Parabéns pelo blog! Que venham muitas outras viagens para compartilhar 🙂
    Bjsss

    • Que delicia ler esse comentário Paula! Obrigada pelo carinho e tenho certeza que a tua viagem será inesquecível, o medo é normal, mas vai com medo mesmo que tudo vai valer a pena! Beijo <3

  5. Vanira

    Oi ,comecei a viajar solo há pouco tempo.Estou viúva há pouco mais de 7 meses.Adorei a primeira para um retiro de yoga e surf em uma praia em Ubatuba em ecovila .Foi muito bom.
    Realmente a liberdade é transformadora.
    Em outubro quero fazer o Caminho Português para Santiago, como procuro informações em vários sites,acabam me “encontrando”,e enviam pacotes de grupos e etc , por sinal caros para meu gosto.Tem ou conhece alguém que já tenha tido a a experiência para essa viagem?
    Grata
    Vanira

    • Também tenho muita vontade de fazer o Caminho do Santiago Vanira! Vou começar a procurar e posto aqui no blog assim que tiver mais informações concretas, assina o blog para não perder, ok? E continue assim, viajante e sem medo de ser feliz! Beijo 🙂

    • Andrea Gonçalves Dainezi

      Oi Vanira. Onde é esse retiro em Ubatuba? Como chama?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *