O que fazer em Cartagena e San Andrés (Caribe Colombiano)

O que fazer em Cartagena e San Andrés (Caribe Colombiano) Colômbia

Quando sai de casa para conhecer o Caribe Colombiano, mal sabia como ia me apaixonar por esse canto do mundo! Passei por Cartagena e San Andrés e vou contar para vocês um pouquinho dessa minha aventura na Colômbia, também vai ter os gastos diários, precauções e cuidados, opiniões sobre lugares, passeios e comidas e vai te dar uma ideia de o que fazer em Cartagena e San Andrés. Espero que gostem! 😉

Sai de ônibus de Beltrão (interior do Paraná) às 9 da manhã. Viagem tranquila, dormi até chegar, próximo ao meio dia em Cascavel, peguei um táxi e fui para o grande aeroporto de Cascavel.

Após me perder umas 4 vezes, finalmente achei a Azul Cia Aérea, brincadeira gente, o aeroporto só tem 2 cômodos. Cheguei morta de fome e a única lanchonete tava fechada, ou melhor tava tudo fechado inclusive a Azul.

Esperei até próximo às 14:00 quando abriu a Azul. Fiz check-in e despachei a mala, a cantina abriu e comi um salgado, às 15:00 saiu o voo e cheguei em São Paulo as 17:00, onde li um livro esperando minha amiga Ana, que chegou as 21:00. Fomos jantar, colocamos o papo em dia e esperamos nosso voo que saia às 5:30 da manhã, cansadas desmaiamos assim que entramos no avião.

Conexão em Cidade do Panamá às 11:00 da manhã, apenas uma hora, e partiu Cartagena, chegamos quase 13:00 do horário da Colômbia (2 horas a menos que no Brasil) e nosso voo para San Andrés era as 19:25 da noite (compramos ida e volta por Cartagena porque estava com uma promoção boa, por isso não voamos direto para San Andrés, já sabíamos o que fazer em Cartagena e San Andrés, aí ficou fácil dividir o tempo de permanência em cada).

Dia 01 – Cartagena / San Andrés

Decidimos passear por Cartagena nesse meio tempo, pegamos um táxi e pedimos para ir ate a Cidade Murada, o taxista foi muito amigável, se passava por pontos turísticos tentava explicar tudo, e a gente tentava entender, descobri que o espanhol é mais difícil de entender do que parece, me virei mais no inglês e no “portunhol” durante a viagem, e nas mimicas é claro! haha mas não tive problema algum com isso.

Outra coisa engraçada, tudo funciona na base da buzina, cheguei ficar zonza de tanto ouvir buzina naquele transito maluco. E as motos? Ninguém usa capacete gente! Que perigo.

Como não troquei dinheiro no aeroporto (pois estava 600 o cambio de real x pesos) pedi para ele nos levar a uma casa de cambio, consegui uma em Bocagrande (um bairro turístico e comercial) e troquei por 700 (a Ana trocou no Brasil e conseguiu por 625).

Paramos no Café Del Mar na Cidade Murada e combinamos com o taxista para pegar a gente mais tarde. Assim que chegamos no Café fomos abordadas por um rapaz com um cardápio, o estranho é que o lugar parecia fechado.

Logo percebi que estava fechado mesmo, e as pessoas ficam ali parecendo garçons com as caixinhas de isopor com bebidas para os turistas, mas a gente estava na Colômbia, claro que iriamos tomar uma Club Colômbia bem gelada! Que custou apenas 10.000 pesos (depois descobrimos que custa 2.000.)

O calor estava de matar, e não deu para fazer muita coisa pois estávamos com as malas, não tem onde deixar no aeroporto e estávamos cansadas do voo, então ligamos para o taxista quando a fome bateu.

Quando ele chegou já pediu se a gente concordava em ele ir por Bocagrande pois ele precisava pagar uma conta, concordamos depois que ele disse que não cobraria a mais por isso, e fomos passear mais um pouco, aproveitei para comprar um chip com internet (eita vicio!) jantamos no aeroporto e embarcamos rumo a San Andrés.

O voo estava atrasado um pouquinho, mas foi super rápido, assim que chegamos por volta das 21:00, fomos para o hostel El Viajero, fizemos check-in e nos informamos sobre os passeios, já pegamos o Cayo Bolivar (quando decidi ir para o Colômbia e fui pesquisar o que fazer em Cartagena e San Andrés, Cayo Bolivar estava no topo da lista!) para o dia seguinte e fomos descansar para acordar cedinho e começar a aventura!

O que fazer em Cartagena e San Andrés (Caribe Colombiano) Colômbia

Gastos em pesos colombianos dia 01 (Colômbia: Cartagena e San Andrés):

  • 20.000 Táxi (dividimos em 2)
  • 10.000 Club Colômbia
  • 15.000 Táxi (dividimos em 2)
  • 15.000 Chip com Internet (funciona em todo lugar!)
  • 9.900 Pizza
  • 3.000 Aguá
  • 50.000 Taxa para entrar em San Andrés (obrigatório, compra no aeroporto mesmo)
  • 15.000 Táxi (dividimos em 2)
  • 258.000 El Viajero Hostel (6 diárias) reservei pelo Hostelworld

Para comprar os passeios com desconto em Cartagena, clique aqui.

Dia 02 – San Andrés – Haines Cay – Johnny Cay – Montarayas

Acordamos 6:00 da manhã, o barco saia às 7:00, nos arrumamos e fomos para a recepção e logo nos avisaram que por causa do vento o barco para Cayo Bolivar não sairia, pensa na decepção, era o passeio que eu mais queria fazer (depois de decidir o que fazer em Cartagena e San Andrés me apaixonei instantaneamente por Cayo Bolivar).

Mas tudo bem ainda teríamos uma semana lá, então compramos o passeio Johnny Cay e fomos andando mesmo do hostel. Da uns 10 minutos de caminhada até o porto, e pegamos a lancha.

Pensa em uma viagem louca, demoramos em torno de 40 minutos até o aquário, uma dica, cuidem dos seus aparelhos eletrônicos, coloque em uma sacola de plastico ou você vai perder, molha demais dentro do barco, como eu já tinha sido avisada disso no fórum dos mochileiros, deu tudo certo.

No aquário você pode fazer mergulho, ou ir andando por dentro da água até uma ilha próxima, é rapidinho e da pé o trajeto todo, o nome da ilha é Haines Cay, e que lugar lindo, que água mais linda!

Ficamos até meio dia e partimos para Johnny Cay, lá tinha almoço. Confesso que não me agradou muito e além de estar com fome, não sou enjoada não kkk mas não é comida brasileira, não tem tempero, é quase doce, era um peixe com arroz, consegui comer metade, depois fui aproveitar aquele lugar lindo, tirar muitas fotos.

Da pra percorrer a ilha inteira a pé, demora cerca de meia hora andando, vale a pena! (Quando for decidir o que fazer em Cartagena e San Andrés já coloca aí na lista!)

Paramos em um boteco da ilha e tomamos pinã colada e club Colômbia. E às 15:00 o barco partiu pro porto, tem que cuidar com os horários, porque os barcos são uma bagunça e podem até te deixar para trás sem remorso. É sério!

Chegamos no porto e já fomos para outro barco pois iriamos fazer o passeio Montarayas as 16:00, o guia era muito animado, mostrou vários pontos turísticos, até chegarmos no destino, pensei que seria diferente esse passeio, não recomendo não, fiquei com dó dos bichos, o guia puxava uma arraia e iam todos lá passar a mão e tirar foto, achei que seria um lugar cheio de arraias e que você poderia vê-las, não assim.

Por fim voltei pro barco e esperei, na volta passamos pelo aquário para nadar com os peixes e fazer snokel. Voltamos para o porto super cansadas, fomos para o hostel descansar e depois fomos para um boteco comer arepa, muito bom! Parece pastel, mas a massa é diferente. Dormimos como uns anjos.

Vídeo Johnny Cay <- Clique para ver o vídeo que eu fiz na lancha.

Gastos em pesos colombianos dia 02 (Colômbia: Cartagena e San Andrés):

  • 15.000 Johnny Cay
  • 20.000 Montarayas
  • 5.000 Entrada na ilha Johnny Cay
  • 27.000 Almoço+Agua
  • 5.000 Arepa
  • 2.000 Coca-cola
  • 10.000 pinã colada
  • 6.000 Club Colômbia

Para comprar o passeio de Johnny Cay e Aquário com desconto, clique aqui.

Dia 03 – Carrinho de Golf – Praia San Luis – Hoyo Soplador

Acordamos cedinho prontos para o Cayo Bolivar, mas o tempo não colaborou de novo! (Então além de decidir o que fazer em Cartagena e San Andrés, lembre-se da estação do ano que estará lá!)

Muito vento e o barco não saiu, resolvemos alugar o carrinho de golf para percorrer a ilha de San Andrés. E saímos a TODA velocidade, tipo uns 20km/h kkk foi muito divertido, sempre que passávamos por alguém eles davam tchau, povo acolhedor demais.

Fomos para a praia de San Luis onde paramos para tomar um solzinho, e comprar cangas da ilha, depois seguimos até o Hoyo Soplador onde estacionamos o carrinho mais uma vez.

Lá existem pessoas que ficam abordando os turistas para mostrar o Hoyo Soplador e o único custo é consumir algo nas barracas que têm por ali. O Hoyo Soplador nada mais é que um buraco que sopra vento e/ou água dependendo das ondas que chegam na praia.

  • Quer viajar para o exterior e não sabe nada de inglês? Ensino alguns truques e dicas no meu e-book gratuito de inglês para viagens e mostro como viajar para o exterior sem falar inglês. Clique aqui para baixar.

O mais legal foi que tinha muita gente esperando para ver, e ninguém teve sorte de tomar um banho, mas na minha vez, foi água pra todo lado me ensopou inteira kkkk rolou muita inveja! (tem um vídeo, apos as fotos ali em baixo)

Depois fomos passear novamente, e paramos para comer no Café Café, comi uma massa muito boa (primeira refeição gostosa que tive kkk) e tomamos algumas cervejas, depois fomos no aeroporto trocar real por pesos, não tinha casa de cambio em outro lugar em San Andrés que trocasse real, então melhor trocar em Cartagena pois no aeroporto de San Andrés o cambio era 600, muito ruim. Troquei pois estava quase sem nada.

Já era noite quando voltamos pro hostel para descansar e partir cedo rumo ao famoso Cayo Bolivar.

Vídeo Hoyo Soplador <- Olha o meu banho! HAHAHA

Gastos em pesos colombianos dia 03 (Colômbia: Cartagena e San Andrés):

  • 80.000 Carro de golf (dividimos em 2)
  • 25.200 Café Café (massa e cervejas)
  • 15.000 canga

Dia 04 – Praia de San Andrés

Acordamos cedinho e fomos na recepção para ver se saia o Cayo Bolivar, mas sem muito entusiasmo pois o tempo estava chuvoso, logicamente o barco não ia sair, voltamos dormir mais um pouquinho e às 11:00 com o dia nublado, resolvemos ir para a praia ficar de boa, ler e conversar.

Dica sobre San Andrés (anota aí quando for decidir o que fazer em Cartagena e San Andrés): mesmo que você não veja o sol, acredite, ele está lá! Use protetor! Minha sorte foi que eu tinha usado protetor e estava lendo deitada, pensem no bronze que peguei, claro fiquei um pimentão antes né.

Começou chuviscar e resolvemos ir embora, antes passamos no mercado comprar comida, passamos o resto da tarde no ar condicionado do hostel tentando baixar a temperatura do corpo queimado, a noite já estava melhor e fomos a um barzinho chamado Interstates 80 para jantar e tomar umas cervejas, ótimo ambiente e cerveja trincando, a pizza boa também.

Gastos em pesos colombianos dia 04 (Colômbia: Cartagena e San Andrés):

  • 5.000 salgados na barraquinha em frente ao hostel, muito bom!
  • 12.500 mercado
  • 20.000 Interstates 80

Dia 05 – Praia de San Andrés – Compras

Acordamos as 6:00 da manhã novamente loucas para fazer o Cayo Bolivar e adivinhem! Não saiu novamente kkkk (Lembram da dica de além de ver o que fazer em Cartagena e San Andrés e ver a estação do ano?)

Ficamos com raiva e fomos a outras agencias e era geral mesmo, com o tempo ruim é proibido qualquer barco sair para ir pro Cayo Bolivar. Ok! Ok! Entendido, ainda tínhamos mais 2 dias para tentar, então sossegamos e fomos para a praia, tentar bronzear o outro lado do corpo, sim eu torrei só na frente, pensem que linda que fiquei kkkkk então lagarteamos no sol, mas quando você quer pegar cor, claro que você não pega, e a fome bateu.

Resolvemos ir comer, no Café Café novamente e massa novamente pra não errar, pedi uma massa a carbonara deliciosa e provei a famosa limonada de coco de San Andrés, ótima!

Depois fomos pra casa tirar a areia do corpo e descansar um pouquinho e logo fomos as compras e conhecer o centro, comprei algumas bebidas da Colômbia para dar de presente, e mais nada, tudo caro!

Não se iludam com duty free. Como eu moro perto do Paraguai aqui, fica muito mais em conta pra eu comprar aqui. Já era tarde e começou chover, voltamos para o hostel dormir e rezar para dar um solzão sem vento no dia seguinte.

O que fazer em Cartagena e San Andrés (Caribe Colombiano) Colômbia

Gastos em pesos colombianos dia 05 (Colômbia: Cartagena e San Andrés):

  • 3.000 chá gelado
  • 30.000 limonada de coco e massa carbonada
  • 104.000 presentes bebidas
  • 4.000 cerveja

Dia 06 – Compras – La Regata

Acordamos cedo e nada de sair o barco novamente, tempo nublado e vento. Dormimos mais um pouco e fomos tomar café no Juan Valdez, melhor café do mundo me falaram, e não é que era mesmo? Uma delicia o café e o salgado, o atendimento era precário, mas o café compensou.

Está gostando desse artigo? 

Então curta a nossa página abaixo para ficar atualizado com mais dicas de viagem!  
 

A tarde fomos fazer compras novamente, pois estava nublado e chuviscando o dia, e a Ana queria comprar algumas lembrancinhas, fomos comer novamente no Juan Valvez e depois tomar cerveja, voltamos para o hostel descansar.

A noite fomos jantar comemorar meu aniversário no restaurante La Regata, o melhor restaurante de San Andrés, decoração linda, ótimo atendimento, a comida deixou um pouco a desejar pelo preço, mas ainda era saborosa, nossa sorte era que sentamos bem próximo ao ventilador, pois era bem abafado lá dentro, brindamos com uma espumante e voltamos alegres para o hostel. (Quando for fazer seu o roteiro e decidir o que fazer em Cartagena e San Andrés, anota aí o restaurante que vale a pena.)

O dia seguinte seria longo, pois tínhamos voo marcado para Cartagena, infelizmente não conseguimos fazer o Cayo Bolivar, mas esse é só mais um motivo para voltar a San Andrés, fica a dica então, quando for decidir o que fazer em Cartagena e San Andrés, lembre-se que setembro é uma época ruim para ir, pois venta muito e pode chover também, mesmo assim achamos que valeu muito a pena!

Gastos em pesos colombianos  dia 06 (Colômbia: Cartagena e San Andrés):

  • 9.500 café e salgado Juan Valdez
  • 9.500 café e salgado Juan Valdez
  • 4.000 cerveja
  • 95.000 restaurante La Regata (passei no cartão e veio em dólar com a cotação a 4,44 um total de R$ 140,00)

Para comprar os melhores passeios com descontos em San Andres, clique aqui.

Dia 07 – Voo Cartagena – Tu Candela

No dia seguinte, acordamos e fizemos check-out no hostel, FELIZMENTE o barco não saiu de novo para o Cayo Bolivar kkk senão ia ser muito azar né!

Deixamos as malas no hostel e somos para a praia mais um pouquinho e comer alguma coisa, voltamos e fomos para o aeroporto, o voo atrasou 3 horas (então tá aí além de decidir o que fazer em Cartagena e San Andrés, lembre-se de não marcar nada tão próximo ao horário dos voos kk) e chegamos em Cartagena já era noite, fomos para o hostel, nos arrumamos e fomos comer pizza.

Depois fomos para o Hard Rock Café, que para nosso azar, estava fechado, pois era domingo! Ficamos em um bar discoteca, chamado Tu Candela que fica do lado, tomando uns drinks e ficamos alegrinhas, depois fomos dormir porque tinha passeio cedo no outro dia.

Gastos em pesos colombianos dia 07 (Colômbia: Cartagena e San Andrés):

  • 3.000 Agua
  • 30.000 pizza e coca-cola
  • 20.000 drinks no bar
  • 10.000 taxi aero/hostel

Dia 08 – Praya Branca, Oceanário e Café del Mar

No outro dia acordamos cedo e fomos para o porto, andando mesmo, era pertinho, pegamos o passeio Praya Branca + Oceanário. (Na hora de decidir o que fazer em Cartagena e San Andrés anota aí Praya Branca)

Fomos em uma lancha super rápida, o guia ia explicando os pontos turísticos, paramos no Oceanário para quem queria entrar ver os peixes num aquário, não fomos, ficamos no bar bebendo kkk depois de 40 minutos a lancha partiu para Praya Branca onde teria o almoço e ficaria até as 16:00 pro povo aproveitar a praia, almoço era tipico de lá, ou seja não gostei.

E lá tem que cuidar porque os vendedores ambulantes são malandros, as mulheres já vem fazendo massagem sem perguntar se quer, os caras enfiando comida na tua boca, quando você vê já comprou e nem sabe, sorte que já fui avisada, então não dei bobeira já falava que não queria e pronto.

Mesmo assim fiz amizade com a Maria massagista, ela não parava de elogiar meu corpo de brasileira e me fez massagem nas costas, em troca eu teria que falar bem dela aqui no Brasil, então galera, anotem ai quando forem decidirem o que fazer em Cartagena e San Andrés, se forem para Praya Branca – Cartagena, lembrem que a Maria é uma ótima massagista! kkkkk

Uma dica, quando decidirem o que fazer em Cartagena e San Andrés, se vocês forem para San Andrés e Cartagena, vão para Cartagena primeiro, pois depois que você vê as belezas de San Andrés, Cartagena deixou a desejar, apesar de ser bela.

Voltamos para o hostel tomar um banho e partiu conhecer a Cidade Murada, que coisa linda e colorida, pegamos até um desfile pelas ruas dos moradores, era alguma data especial, mas não consegui descobrir o que.

Fomos para o Café del Mar, ver o famoso pôr-do-sol de Cartagena, agora sim o lugar estava cheio e aberto kkkk e que coisa maravilhosa, senti uma paz inexplicável só olhando aquele pôr-do-sol. (Já sabem na hora de decidir o que fazer em Cartagena e San Andrés, por do sol no café del mar, anotem!)

Ficamos andando pelas ruas da cidade murada até tarde, comemos e fomos descansar que no outro dia começava a maratona de voos de volta para casa!

Para voltar foi tranquilo, em São Paulo resolvemos pegar um hotel para passar a noite, pois o cansaço estava demais para passar a noite no aeroporto, e eu fiz uma pequena mudança de planos, resolvi ir de São Paulo para Curitiba e ficar mais um semaninha lá, mas essa já é outra historia! 😀

Gastos em pesos colombianos dia 08 (Colômbia: Cartagena e San Andrés):

  • 60.000 passeio Praya Branca
  • 13.000 taxa porto
  • 15.000 coco loco
  • R$ 159,00 hotel em São Paulo + janta (divido por 2)

Para comprar os melhores passeios com desconto em Cartagena, clique aqui.

Hospedagem:

Em San Andrés ficamos no El Viajero Hostel, reservei via hostelworld.

Pontos Positivos:

  • Localizado no centro de San Andrés, ou seja, perto de tudo!
  • O quarto era bem espaçoso, colchões ótimos e tinha ar condicionado!
  • O hostel possui wifi e pegava bem em todos os lugares que frequentei.
  • Aceita pagamento com cartão de crédito sem cobrar adicional por isso.
  • O café da manhã era muito bom.

Pontos Negativos:

  • Os chuveiros não possuem aquecimento. E apesar de ser Caribe, em San Andrés não faz tanto calor quanto Cartagena.
  • Você vai precisar de um cadeado pequeno pra trancar o seu armário no quarto.

Em Cartagena também fiquei no El Viajero Hostel. Um dos poucos que ficam localizados dentro das muralhas de Cartagena (melhor região da cidade). A reserva via hostelworld.

Pontos Positivos:

  • Localizado dentro da muralha.
  • O quarto era bem espaçoso, colchões ótimos e tinha ar condicionado!

Pontos Negativos:

  • Os chuveiros não possuem aquecimento.
  • Você vai precisar de um cadeado pequeno pra trancar o seu armário no quarto.
  • O hostel possui wifi, mas não pegava no quarto.

Recomendo ambos, vale a pela pelo custo beneficio.

Pelos meus cálculos gastei na Colômbia:

Em torno de 1.000.000 pesos colombianos. (+/- R$ 1450,00)

Passagem ida e volta Cartagena – São Paulo R$ 1300,00

Passagem ida e volta – Cartagena – San Andrés R$ 398,74

Passagem ida e volta – Cascavel – São Paulo R$ 298,00

Passagem ônibus – Beltrão Cascavel R$ 40,00

Hotel – São Paulo R$ 80,00

Fecha um total de R$ 3566,74 a viagem com tudo incluso (inclusive os vôos).

A viagem foi feita no dia 06 de Setembro de 2015. Espero ter ajudado. Finalizo com uma foto do Cayo Bolivar que fiquei só na vontade:

O que fazer em Cartagena e San Andrés (Caribe Colombiano) Colômbia

Atualização: Passeio de Cayo Bolivar está fechado devido a algumas manutenções que o governo está fazendo na ilha.

Conseguiu decidir o que fazer em Cartagena e San Andrés na Colômbia?

Se ficou algum dúvida, deixa nos cometários que eu respondo. Boa viagem! 😀

Veja um pouquinho da minha aventura no Caribe Colombiano.

Para comprar os melhores passeios com desconto na Colômbia, clique aqui.

Importante: Pensando em viajar para a Colômbia? Não esqueça do Seguro Viagem, pois o atendimento pode custar caro no país!

Seguro viagem geral 728x90

Leia também:

32 Comentários

  1. Fran

    Perfeito esse artigo…meus parabéns!!!!!!

    • Olá Fran! Fico muito grata que tenha gostado, obrigada pelo comentário! <3

  2. Olá Cheila
    Obrigada pie todas dicas
    Não dá pata fazer de Cartagena para San Andreas de carro né?

    • Obrigada Silvia, não da para fazer de carro, San Andrés é uma ilha.

  3. Eliane Cristina Bottega

    Oii Cheila, tudo bem? Eu e meu noivo estamos pensando em passar a lua de mel na Colômbia, poderia me informar em qual site conseguiu melhor valor de passagem e se comprou muito tempo antes?

    • Olá Eliane! Tenho certeza que vocês vão adorar. Só amor pela Colômbia! Eu comprei as passagens com bastante antecedência e pelo site da Viva Colombia.

  4. BHW

    Hey there! I’m at work surfing around your blog from my new apple iphone!
    Just wanted to say I love reading your blog and look forward to all
    your posts! Carry on the fantastic work!

  5. BHW

    I believe everything said made a lot of sense. However, what about this?
    what if you wrote a catchier post title? I am not saying your information is not good., but what if you added a title that makes
    people desire more? I mean O que fazer em Cartagena e San Andrés (Caribe Colombiano)
    – blogoquefazer is kinda plain. You could glance at Yahoo’s home page and see
    how they write news titles to grab viewers interested. You
    might try adding a video or a related pic or two to grab people
    excited about everything’ve written. In my opinion, it would make your posts a little bit more interesting.

  6. RITA BUFALIERI

    OLÁ, ADOREI SUAS DICAS MAS PRECISO DE UM FAVOR, SOU MARINHEIRA DE PRIMEIRA VIAGEM E ESTOU PLANEJANDO UMA VIAGEM ASSIM PRO FINAL DESSE ANO, VOCÊ PODERIA ME PASSAR O ROTEIRO QUE VC FEZ E O SITE QUE COMPROU AS PASSAGENS E PASSEIOS, POIS NÃO ACHEI, OBRIGADO!

    • Oi Rita, tudo bem? O roteiro está aí no artigo, e os passeios eu comprei tudo na hora, qualquer dúvida é só chamar 🙂

  7. Karine

    Cheia tudo bem?

    Vou viajar para San Andrés em Abril, gostaria de uma dica o que vale mais a pena levar dollar ou peso colombiano?

    Obrigada
    Bjo

  8. Karine

    Cheila tudo bem?
    Vou com o meu esposo e mais dois casais de amigos para San Andres, a minha duvida é seguinte é melhor levar dollar ou peso colombiano daqui do Brasil?
    Pensei em trocar aqui e levar já trocado. Mais como sou marinheira de primeira viagem não sei se levo dollar ou peso colombiano. O dollar esta 3,34 e o peso 1,56, pode me ajudar?

    Bjs

    • Olá Karine, eu levaria dólares e trocaria lá, da para conseguir cotações bem melhores que levar aqui do Brasil.

  9. LUCIANA

    Passagem ida e volta – Cartagena – San Andrés você comprou com antecedência, ou qdo estava na Colômbia ?

  10. LUCIANA

    Sua viagem foi em 2015. Ainda sim é bom para temos uma previsão de gasto. Desse total, no meu caso, como sou de São Paulo, eu não teria esse custo : Passagem ida e volta – Cascavel – São Paulo R$ 298,00
    Passagem ônibus – Beltrão Cascavel R$ 40,00 .Hotel – São Paulo R$ 80,00

  11. Leandro Cunha

    Qual operadora do chip que você comprou?

    • Vou ficar te devendo essa 🙁 foi a primeira que eu vi na frente hahaha infelizmente não lembro o nome

  12. Pingback: Mochilão no Caribe Colombiano: gastos, passeios, restaurantes, hotéis e locomoção | Gostaria De Ir

  13. Isa

    Oi Cheila, tudo bem?

    Por qual companhia aérea você viajou de San Andrés para Cartagena? Achei o preço muito bom!

    Estou procurando passagens e só acho ida e volta por aproximadamente R$1.000,00.

    Muito obrigada pelo relato!

    • Fui com a VivaColombia Isa, que dias você vai? to olhando aqui e tem voos por 250 reais..

      • Maycon

        Boa tarde,
        Muito boa suas dicas, estou para ir em Abril mas as passagens tbm estão em torno de R$1100,00. Melhor levar Dollar?

        • Olá Maycon! Eu levei real mesmo e consegui uma cotação boa em Cartagena, mas se conseguir levar dólar é melhor, lembre-se que em San Andres só consegui trocar reais na casa de cambio no aeroporto e cotação ruim..

  14. Ni

    Oie. Muito bom seu relato. Vc foi esse ano?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *